Biografia

Filipe Guerreiro Gonçalves, natural de Ferreiras, concelho de Albufeira, nascido a 22 de Setembro de 1979.

Descendente de uma família Algarvia, sem tradições Tauromáquicas, começa desde os seus 8 anos a mostrar gosto pelos cavalos, conciliando sempre os seus estudos com aulas de equitação.

O seu gosto pelas corridas de toiros, faz despertar em si o “guçanillo” da aficion, começando a receber pela primeira vez, aulas de toureio do saudoso e falecido Jorge D´Ourique, onde com fé e muita coragem procura descobrir e aprender os segredos da tão difícil arte de tourear.

Aos 16 anos já mostrava em frente a reses bravas, as suas excelentes qualidades artísticas, o que o levou a tomar a decisão de enveredar definitivamente pela tão difícil arte de tourear.

Surge então a oportunidade de poder receber lições do consagrado cavaleiro Tauromáquico Manuel Jorge de Oliveira, sem hesitar desloca-se de Albufeira para o Cartaxo, afastando-se de todos os seus familiares e amigos, com a convicção que ao lado de Manuel Jorge, e mais tarde com João Salgueiro conseguiria adquirir a necessária experiência, de forma a poder ser figura do toureio, e ver realizado o seu sonho.

Após ter toureado como amador, vendo-se depressa rodeado de uma aureola de admiração e simpatia que o seguia em crescendo, nas suas exibições, tira a prova de praticante na praça de toiros de Riachos-Golegã em Outubro do ano de 1998, envergando pela primeira vez a tão ambicionada casaca.

Em 22 de Maio de 2005, na Praça de toiros Daniel Nascimento – Moita do Ribatejo, recebe o seu Doutoramento/Alternativa das mãos de seu padrinho João Moura, sendo testemunha Rui Fernandes, frente a toiros da ganadaria Ortigão Costa tornando-se o cavaleiro n.º 200 desde os registos da monarquia.

De então para cá tem actuado nas mais diversas praças do país, Espanha, França e América, ao lado das principais figuras do toureio mundiais, arrastando atrás de si multidões de admiradores não só do Algarve, mas de outras zonas do país, para assistirem às suas exibições. Filipe Gonçalves é o primeiro cavaleiro de alternativa do Algarve actualmente radicado nas Faias-Pegões no Concelho do Montijo, onde cria, prepara e ensina diariamente os seus cavalos de toureio.